Sala de imprensa
>
Notícias de Mercado

6
jun

Mais de 6,4 milhões de senhas do LinkedIn vazam na internet


Um usuário de um fórum digital russo disse ter feito download de mais de 6,4 milhões de senhas da rede social LinkedIn, vazando os dados na internet. As informações são do site ZDNet.

Aparentemente, algumas das senhas mais fracas - cerca de 300 mil - já podem ter sico "crackeadas". Outros usuários apelaram para a ajuda de amigos hackers em uma possível tentativa de obter ajuda para quebrar a criptografia.

Por precaução, aconselha-se que os usuários da rede troquem suas senhas o mais rápido possível. O LinkedIn publicou em seu Twitter que está investigando o ocorrido.

A empresa de segurança finlandesa CERT-FI está alertando para a possibilidade dos hackers terem acesso aos endereços de e-mail dos usuários, memsmo que estes apareçam encriptados e ilegíveis.

Um leitor do ZDNet afirmou ter pesquisado e descoberto que sua senha aparece no cache do navegador. Tem sido relatado que as senhas foram criptografadas usando o algoritmo SHA-1, conhecido por suas falhas. Mas ao menos que a senha seja fraca, pode demorar um tempo para se decifrar o cache restante.

O LinkedIn tem atualmente mais de 150 milhões de usuários no mundo inteiro. Essa aparente invasão pode ter afetado menos de 10% da base de usuários da rede social voltada a contatos profissionais, mas acredita-se que será um golpe para a reputação do LinkedIn.

http://migre.me/9nQ7A





CAXIAS DO SUL
RUA JOÃO VENZON NETTO, 105, SOBRELOJA
BAIRRO: SANTA CATARINA
(54) 3025-6363